Make your own free website on Tripod.com
Jornaleco - 02/98.

ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DA CLASSE HOBIE CAT

INFORMATIVO 02/98


"NÃO TENHO VENTO A PERDER"


SÓ DEU A PARAÍBA NO NORTE NORDETE DE HOBIE CAT 14


Foi um senhor campeonato. Com 21 competidores representando Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro, e a novidade é que apareceram pôr lá, Afonsinho do Rio de Janeiro e Odillo Paulo Gewer de Porto Alegre. Só que: Odillo quando viu o vento lá em Pirangí, inventou que o pau da venta tava doendo e pegou o primeiro avião de volta para Porto Alegre. Odillo, tá batendo pino? Se tá com medo de vento, pra que veio?

Vamos ao Campeonato. Meus amigos, vocês precisavam ver para crer na supremacia paraibana na raia de Pirangí em Natal. Das seis regatas, todas foram ganhas pelos paraibanos e os ventos roncaram por lá. Pra se ter uma idéia no Sábado, o vento chegou a ter rajadas de 25 nós.

A raia montada na praia do cotovelo foi feita para dois barla-sotas com chegada em popa, muito bom por sinal esse tipo de raia, porque a flotilha fica mais compacta fazendo com que as disputas fiquem mais acirradas entre os competidores.

No primeiro dia, sábado, estavam programadas duas regatas, mas infelizmente devido ao estado adiantado da hora, a 2ª regata do dia, foi adiada para o domingo. Nessa regata do sábado, foi ganha por Ricardo Barroca seguido de Paulo Sérgio em segundo e Guilherme Crispim em terceiro.

No domingo, na primeira regata, o vento abrandou para 10 nós e Paulo Sérgio faturou o primeiro lugar, Ronaldo Barroca chegou em segundo e Guilherme Crispim em terceiro. Na segunda regata do dia, o vento foi para 12 nós, e mais uma vez Paulo Sérgio fatura o primeiro lugar, já despontando como um forte candidato ao título, Franklin Seixas chegou em segundo seguido de Ronaldo Barroca em terceiro. Na última regata do domingo, com os velejadores já bastante desgastados, o vento foi para 15 nós, aí só deu para Guilherme Crispim que liderou de ponta a ponta, em segundo chegou Ricardo Barroca e em terceiro chegou Afonsinho.

No último dia de competição o vento aumentou para 15 nós com rajadas de 20 nós. Ricardo Barroca dispara na frente e segura a primeira posição até o final, em segundo chegou Guilherme Crispim e em terceiro chegou Paulo Sérgio. Com esse resultado, Paulo Sérgio só precisaria de um terceiro lugar na ultima regata para se tornar campeão. O vento continuou em torno de 15 nós. Guilherme Crispim disputa palmo a palmo na perna de contravento com Ricardo Barroca e Paulo Sérgio na cola dele, porém Guilherme Crispim com manobras rápidas consegue se distanciar e segurar a primeira colocação, Paulo Sérgio chegou em segundo e Agenor Machado de Pernambuco em terceiro. Nessa regata, tanto quanto a primeira do sábado, foi um festival de capotadas. Vários barcos viraram dando muito trabalho a salvatagem. Porém entre mortos e feridos, salvaram-se todos e o campeonato chegou ao fim sem problemas maiores.

De parabéns a comissão organizadora nas pessoas de Flávio Balaio e Ulisses, que se portaram como autênticos anfitriões.

Na reunião de timoneiros, ficou decidido que o próximo NORCAT 14 será junto com o NORCAT16 em Itamaracá, Pernambuco. Até lá.

No final ficou assim a classificação:

Categoria Geral

Campeão

Paulo Sérgio Costa

Paraíba

2º Lugar

Guilherme Crispim

Paraíba

3º Lugar

Ricardo Barroca

Paraíba

4º Lugar

Ronaldo Barroca

Paraíba

5º Lugar

Franklin Seixas

Paraíba

Categoria Master

1º Lugar

Ronaldo Barroca

Paraíba

2º Lugar

Franklin Seixas

Paraíba

3º Lugar

Agenor Machado

Pernambuco

Categoria Júnior

1º Lugar

Rodrigo Cahú

Pernambuco

2º Lugar

Gésio Lira

Pernambuco

Categoria Feminino

1º Lugar

Geisa Lira

Pernambuco

SÚMULA COMPLETA DO CAMPEONATO


NORTE NORDESTE DE HOBIE CAT 16 EM JOÃO PESSOA


Iremos sediar mais uma vez o Norcat 16 aqui em nossa terrinha. Pra começo de conversa a flotilha sob o comando de seu capitão, Eduardo Seixas e mais uma comissão organizadora formada pôr Padilha Júnior, André Montenegro e Bernardo Oliveira, resolveram fazer um senhor campeonato ainda mais contando com a ajuda da Jovem Pan, Prefeitura Municipal de João Pessoa e Governo do Estado, que bateram o martelo para a organização. Me parece que teremos mais de 40 barcos na raia, pois confirmaram os estados de São Paulo, Sergipe, Pernambuco, Rio G. do Norte e Ceará. Com certeza será uma ótima competição. No próximo ano já está confirmado para Recife - Pe, os dois Norcat's de 14 e 16, juntos, para ver se agrupamos mais barcos!


RANKING PARAIBANO DE HOBIE CAT 14 E 16


Abaixo está a colocação no Ranking de cada velejador da Paraíba

Classe HOBIE CAT 14

Paulo Sérgio Costa

247 Pontos

Guilherme Crispim

244 Pontos

Ricardo Barroca

218 Pontos

Ronaldo Barroca

199 Pontos

Franklin Seixas

187 Pontos

Paulo Corrêa

137 Pontos

Classe HOBIE CAT 16

André Montenegro

332 Pontos

Mauro Germóglio

322 Pontos

Eduardo Seixas

281 Pontos

Peter Boldring

261 Pontos

Tadeu Arcoverde

233 Pontos

Bernardo Oliveira

195 Pontos


ESSE TOM AINDA ME MATA DE VERGONHA


Estava eu trabalhando, (afinal nesse país alguém precisa fazer alguma coisa) quando toca o celular.

- Alô!
- BAITOLA! FILHA DA PUTA! CARALHO!
- Quem é?
- É TEU MACHO! É TOM!
- Diga PORTUGA tudo bem?
- TUDO BEM, CARALHO!
- Tu vem correr o Norcat 14 em Natal?
- POSSO NÃO, BAITOLA!
- Porque?
- TÔ CUM PÉ ENGESSADO, FILHA DA PUTA! NUM É UMA MERDA?
- E que aconteceu?
- VEJA SÓ. LENDO O JORNAL, NA PARTE DE FUTEBOL, COMECEI A NOTAR QUE JOGADOR DE FUTEBOL NO BRASIL GANHA MUITO DINHEIRO. DECIDÍ LARGAR TUDO E ME DEDICAR SOMENTE AO FUTEBOL, TU SABE COMO É QUE É NÉ! SOU FODA! POIS BEM. FUI CHAMADO PRA FAZER TESTE NO PARQUE ANTARTICA, NO CORINTHIANS E FUI LOGO ESCALADO PRA JOGAR NA PONTA DIREITA.
TU NUM SABE O QUE ACONTECEU!
- O que foi?
- MARCELINHO, AQUELE SACANA, ENFIOU UMA BOLA PELA DIREITA, CORRÍ FEITO UM LOUCO, NÃO VÍ UM PINICO, CARA.TU VÊ QUE AZAR DO CARALHO. UM PINICO NA CABEÇA DA AREA. PISEI NELE, TORCÍ O PÉ. PRONTO! TÔ NO ESTALEIRO. NUM É UMA MERDA? MARCELINHO BOTOU O PINICO PRA ME PREJUDICAR. ELE ME PAGA!
- Tá certo, TOM. Tá certo TOM.
Respondi morto de vergonha, que fela da puta mentiroso!
E eu era louco pra dizer a ele, que era mentira e contraria-lo? Depois ele tinha uma convulsão epiléptica, aí a família dele ia me culpar. Esse português só faz merda! Eu Hein!


VERSOS


No Jornaleco anterior eu copiei um poema feito por Luiz Augusto Silveira Lins. Pois bem. Esse rapaz morreu de um enfarte (ou é enfarto?) puxando o barco na rampa em um Iate Clube lá em São Paulo. Ele foi também capitão de flotilha de Hobie Cat 14. É uma pena. Mas a vida continua. Fica registrado o feito dele e fica identificado o autor do poema.


LARS GRAEL


Recebemos consternados a notícia do grave acidente que sofreu o medalhista e campeoníssimo da classe Tornado, Lars Grael. Foi um fato que não é inusitado, porque esses irresponsáveis, motorizados, que conhecemos e vimos muito na água, fazendo asneiras, já provocaram muitos acidentes e quase todos graves. Ainda mais quando o pai do idiota que provocou o acidente, disse descaradamente e cinicamente na TV que o filhinho dele não estava no local da regata. Pensa ele que somos imbecis como ele próprio, que não conhecemos o que é e onde acontece uma regata. Esse imbecil e irresponsável, deveria estar é preso, porque lugar de marginal é na CADEIA.

Recebemos um e-mail do nosso amigo, velejador, contra-comodoro e organizador da maioria dos eventos lá de Vitória Beto C. Gomes. Seria bom que todos leiam também esta nota.

"Vitória-ES, 10 de setembro de 1998.

Amigos velejadores:

Alguns de vcs me conhecem e sabem o quanto estamos sofrendo neste momento de tristeza na vela brasileira. LARS GRAEL, foi vítima de um irresponsável que invadiu área de regata e lhe tirou a perna direita, sua carreira e a oportunidade de entrar para o reduzido grupo de atletas que participaram de cinco olimpíadas. Nós capixabas estamos estarrecidos com todo este acontecimento. LARS veio à Vitória a meu convite participar da 44 a. Taça Cidade de Vitória. Um evento tradicional, e a principal regata do calendário capixaba de vela. Desde quinta feira (dia 03/09) quando ele chegou acompanhado de Renata (esposa) e Anders (proeiro), fiquei os acompanhando e fazendo as honras da casa. Foram ótimos momentos de descontração e confraternização. O Campeonato teve início no dia 05/09 com a realização da primeira regata. Amigos, o vento soprou de Nordeste em torno de 25 nós (quem conhece VENTÓRIA, sabe o que estou falando), e o LARS deu um banho. Ganhou a regata com 3 minutos de vantagem sobre Clínio Freitas. No domingo, peguei LARS e Anders no Hotel às 10 horas e fomos para o Clube. Neste dia o vento estava rondando para Leste e quando saímos para água, ele firmou e se manteve em torno de 10 nós (fraco para Vitória). Chegamos na raia (por volta das 12 hs), LARS e Clínio foram testar o contravento, quando aconteceu o terrível acidente. O Campeonato foi imediatamente cancelado. Detalhes do acidente vcs devem estar acompanhando pela imprensa. Mas existem fatos que merecem destaque. A vida de LARS GRAEL, foi salva por sucessivas situações. Ele foi prontamente resgatado pelo Anders, que o puxou para o Tornado onde estavam Clínio e Roger. O irresponsável atropelador desta feita teve ao menos a dignidade de voltar e levar o LARS ao Iate Clube. Dentro da lancha enquanto Anders fazia massagem boca a boca, Clínio (que é dentista) tentava desesperadamente improvisar um torniquete para diminuir a hemorragia. Outro fator importante foi que o Campeonato já disponibilizava uma U.T.I. móvel de plantão para os velejadores. Chegando no Clube lá estavam o Dr. João Alípio (velejador de prancha) que se agarrou a veia femoral de LARS afim de impedir uma quantidade ainda maior de sangue se perdesse, e só a soltou dentro do hospital. O Dr. José Maria Gomes Perez (sócio do Clube) lá se encontrava e por telefone preparou a equipe no hospital, enquanto ele se deslocava para lá. A proximidade do hospital com clube foi outro detalhe que com certeza contribuiu com vida de LARS. Apesar de todos estes detalhes ele praticamente chegou morto ao hospital. No trajeto ele teve uma parada cardíaca e chegou com pressão "zero" e em estado de choque. A partir daquele instante tentei de qualquer forma e de alguma maneira amenizar a dor daquela família. No hospital dezenas de repórteres nos fazendo perguntas que na verdade nem sabíamos respostas. Lá pudemos encontrar o incansável Secretário de Esportes da Prefeitura de Vitória Maurício Ribeiro, que prontamente garantiu em nome do Prefeito Luiz Paulo todas e quaisquer necessidades à família do LARS. O próprio prefeito com sua esposa Sandra, o chefe de gabinete Galveas, o Secretario de Comunicação Azedo, enfim toda equipe de Luiz Paulo foi ao encontro de informações e sobretudo prestar solidariedade ao atleta e a família. Renata em estado de choque foi medicada, como o cirurgia foi demorada, eu e minha esposa Mônica, a levamos para nossa casa afim de que ela pudesse descansar um pouco e se preparar para o que viria mais tarde. 21 horas chegou a família de LARS (Axel - irmão / Ingrid - mãe / Pellicano - sogro e outros ...). Eu sinceramente não sabia o que fazer para explicar e diminuir a dor daquela família. Como velejador, capixaba, organizador, torcedor e amigo de LARS me sintia envergonhado pelo fato, entretanto precisa ter a força e dignidade de ficar ali e prestar qualquer tipo de solidariedade. Já eram duas horas da madrugada quando fui acomodar a família no Hotel Porto do Sol. Na volta, passei pelo hotel Alvetur e peguei o Anders, que estava sozinho e não conseguia dormir e traumatizado com o acidente.

Tudo era e é muito triste. Levei o Anders para minha casa e para que o mesmo ficasse junto à minha família e sentir-se de alguma forma protegido e amparado. No dia seguinte logo as 7 horas deixei o Anders dormindo um pouco mais (estava sob efeito de calmantes) e voltei para o hospital. Lá já estava o Maurício (secretario de Esportes) que me pediu que fosse a um debate na TV junto com Axel e Roger para discutir com o pai do irresponsável. Lá minha revolta ficou ainda mais evidente. O mínimo que eu esperava seria uma declaração de solidariedade e uma palavra de conforto. O que encontramos foi uma pessoa fria e procurando a qualquer preço justificar e inventar inverdades sobre o fato. Lá ouvimos dele que não tinha havido colisão, ouvimos ainda que uma contusão que LARS se recuperava teria sido um fator que contribuiu para que ele não conseguisse se desviar da lancha. Lá ouvimos ele dizer que seu filho não bebe e nunca colocou uma gota de álcool na boca. Enfim "verdades" que não resistiram ao tempo. Outras declarações do Pai do irresponsável chegam a ser hilárias e se de fato não fossem tão tristes. A tarde, atendemos a Imprensa Nacional (JN - Veja - Folha - Estadão - Globo), e procuramos sempre viabilizar respostas e ajudar na dúvidas. Iniciaram-se os depoimentos na Capitânia dos Portos. O feriado local na terça (08/09) atrasou um dia o inquérito policial, enfim todos as providências estão sendo tomadas. O Presidente Fernando Henrique está enviando amanhã o Jurista Evandro Lins e Silva para acompanhar o processo. Acreditamos e esperamos justiça.

Amigos, na véspera do acidente numa conversa com LARS, ele estava entusiasmado com a organização do nosso evento, com a raia bastante técnica, a receptividade, enfim estava adorando nossa cidade e festejávamos nossa amizade. Durante este bate papo ele se prontificou em levar para FBVM, nossa proposta de realização do Pré-olímpico de 1999. Infelizmente por motivos óbvios não formulamos esta proposta. Entretanto nossa cidade não merece ser descartada do cenário do Iatismo nacional por este fato. O Prefeito Luiz Paulo, que mantém sua administração focada na modernidade, na cultura, no turismo e sobretudo em promover a divulgação de nossa cidade, não admite que este ato irresponsável prejudique nosso projeto.

Walkes Osório(Presidente da FBVM) em declaração a imprensa local, disse que de forma alguma à atitude deste irresponsável prejudicará a candidatura de Vitória. Pelo contrário o sistema de segurança funcionou na prática e salvou a vida de LARS. Disse ainda que não é privilégio de Vitória ter um irresponsável deste nível. Quem já participou de campeonato por aqui sabe o que estou escrevendo e pode testemunhar os brilhantes eventos que são realizados pelo Iate Clube do Espírito Santo com apoio da Prefeitura de Vitória. Não podemos e não deixaremos que este fato acabe com nossa vela, precisamos mostrar ao Brasil e ao mundo que esta tragédia não vai nos vencer. A família de LARS tem dado declarações elogiando e agradecendo a estrutura do Iate Clube, o apoio incondicional da Prefeitura e toda equipe médica da Clínica da Enseada (UNIMED). A família admite que este tripé salvou a vida do atleta.

Amigos, meu objetivo agora é fazer com este fato não fique impune. Sou testemunha e estou a disposição para depor a qualquer momento. Tenho procurado ajudar nas investigações.

Ontem pela manhã conversei com o Secretário de Comunicações da Prefeitura, que me pediu para manter a candidatura de Vitória para realizar o pré-olímpico de 1999, como eu havia combinado com LARS. Mais tarde recebi o telefonema do Clínio, que tb pediu que mantivesse a candidatura. Diante destes pedidos e sobretudo pela necessidade de se mostrar ao mundo que este foi um fato isolado, que infelizmente aconteceu em nossas águas, resolvi ajudar na Candidatura de Vitória. A PMV já nos garantiu o apoio e a inclusão do Evento do Calendário da cidade de 99. Ontem a Diretoria do Clube aprovou a realização do evento e me credenciou para agilizar os procedimentos. Estou colhendo assinaturas e relacionando velejadores que nos apoiem neste projeto. Precisamos de todos vcs nesta lista afim de provar que se depender dos iatistas brasileiros a Pré-olímpica 99 será aqui, conforme combinei com LARS, e se DEUS quiser com ele na raia. Necessito que vcs me remetam e.mail ou FAX (027)200-3068, me autorizando a inclusão do nome de vcs no abaixo assinado. Não esqueçam de colocar: NOME COMPLETO - ESTADO - CLASSE - CPF ou IDENTIDADE. Por favor não demorem em me enviar esta Autorização, e divulguem entre outros velejadores.

Amigos, tenho um nó agarrado na garganta, estou vivendo este momento de muita tristeza, mas acredito que LARS GRAEL, terá a mais bela de suas Vitórias, e ganhará medalha de VIDA, para que em breve possamos desfrutar de sua amizade e de seu convívio.

Sempre fui feliz torcendo pelas Vitórias de LARS, e tenho certeza que serei novamente.

Beto Camara Gomes"


SOBRE DAAN


É. O galego Daan me telefonou esclarecendo certo mau entendido que existiu na nota do jornaleco anterior. Segundo ele: "Não foi bem assim o que aconteceu. Na verdade os barcos tiveram os joelhos quebrados, mas não foi culpa minha porque o fabricante fez a extrusão de maneira incorreta e a liga do material saiu péssima. Como você sabe se a liga cozinhar demais, evapora o material que dar a resistência do joelho e isso é o que deve Ter acontecido. Mas com tudo isso, não deixei de atender nenhuma reclamação e enviei novos joelhos, inclusive sem nem receber nenhum quebrado para reclamar também ao fabricante. E tem mais, recebi reclamação de que um casco havia tido problemas com o toco. Enviei outro par de casco sem também ter recebido o casco defeituoso de volta, até agora, para examinar o defeito. Isso tudo em confiança porque eu não seria louco de deixar de dar assistência a 10 Hobie Cat 16 vendidos e muito menos ao pessoal da Paraíba.
Claro que ninguém gosta de comprar um barco e logo em seguida quebrar, mas eu fiz a reposição de todas as peças sem nenhum encargo para os velejadores. Quanto a isso ninguém pode reclamar. Todos os barcos que estão aí, estão com as peças em ordem. Queria deixar isso registrado." Claro
Daan, foi realmente um mau entendido, você não é louco de comprar uma briga sem razão e muito menos com os Paraibanos. Fica o registro e a explicação de Daan Van Der Klugt, eita nome complicado!


A BEM DA VERDADE


Fui incumbido pela oposição, para liderar uma luta contra o continuísmo existente no IATE CLUBE DA PARAÍBA.

Não tivemos tempo de formar uma chapa oposicionista porque, inocentemente, confiamos na palavra do atual comodoro que nos garantiu que a vice comodoria seria indicada pelo pessoal da vela. Ficamos certos que não haveria problemas quanto a essa indicação e passamos a conviver com uma política de boa vizinhança.

Na terça-feira, dia 25 de agosto, próximo passado, tivemos a notícia de que o comodoro tinha mudado de idéia e escolhido outra pessoa como vice comodoro, desprezando a participação do pessoal da vela no processo eletivo do clube, quando sabemos que a vice comodoria e diretoria de vela, em conjunto, trabalham diretamente ligados aos esportes náuticos. Essa súbita mudança de palavra, causou-nos espanto e surpresa pois não admitíamos uma quebra de palavra de maneira tão fácil como estávamos vendo. Foi estarrecedor. Por conta disso, a nossa chapa oposicionista, teria que ser montada com máxima urgência, haja vista que só tínhamos até a quinta-feira dia 27 para contactarmos com no mínimo 45 sócios que se dispusessem a participar dessa luta. Realmente fracassamos nessa tentativa, mas ao mesmo tempo, nos fortalecemos para continuar a luta contra o continuísmo.

Um dia quem sabe. . . porém, por enquanto,. . .

. . . VELAS AO MAR!


[ Jornaleco | Dicas | Ranking | Calendário | Súmula | Cadastro | ABCHC | Hobie Cat Brasil | Links | Fotos | E-Mail | Home ]

ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DA CLASSE HOBIE CAT

--- Paulo Sérgio Costa ---
Av. Rio Grande do Sul, 1509
Bairro dos Estados
João Pessoa - Paraíba - Brasil
Fones: (083) 224-3074 / 982-1885 / 241-2790


pcosta@netwaybbs.com.br